Buscar

Programação musical


Analisando a estrutura de uma emissora percebemos que cada departamento cumpre seu papel direitinho e como em um relógio, as peças precisam trabalhar em sintonia (com trocadilho, por favor). Geralmente esses profissionais se identificam com cada departamento, mas nem sempre pode ser assim. A necessidade de trabalho faz com que os novos funcionários aprendam uma nova função. Muito comum um novato entrar em departamentos que nunca imaginou trabalhar e mesmo assim seguir carreira e ser um destaque.

Em minha opinião o departamento artístico mais exigido é a programação musical (talvez seja a razão de ter escolhido para falar sobre ele no início de nossa saga aos departamentos). Sei que todos os departamentos são exigidos e muitos agora vão gritar, mas quero falar sobre esse departamento fundamental em uma emissora musical. Atender o gosto do ouvinte (como o bebê na foto), a cada três minutos em média, não é fácil. Qual música entra depois daquela que é um sucesso? Ou ainda, como fazer para colocar na programação uma novidade? E aquelas canções que muitos odeiam e outros muito amam?

Você pode estar pensando que vou falar sobre o jabá, mas não falo. Estou escrevendo sobre programação musical e o tal do jabá não pertence a esse departamento criativo, ou ao menos, não deveria pertencer. A emissora que aceita esse tipo de coisa não atende ao desejo dos que ligam o rádio para ouvir música.

Uma emissora pode também “estudar” sua concorrente e analisar se vai tocar aquela música ou não. Há muito tempo se entrava em rádio como estagiário fazendo “rádio escuta”. O aspirante a programador tinha que começar ouvindo outras emissoras e anotar tudo que ia ao ar e depois passar as informações para o diretor ou programador.

Hoje temos uma empresa que faz isso com muita confiabilidade. A Crowley registra o que tocou, na hora que tocou, no segundo que tocou, em qualquer emissora que esteja online. Não adianta reclamar, pois contra fatos não existem argumentos.

O mais difícil é se manter informado quantos as novidades para não fazer feio, mas será que mesmo assim o programador musical acerta? Temos que aguardar o ibope para saber. Até lá, só rezando para estar certo.


0 visualização
  • Grey Instagram Icon
  • Ícone cinza LinkedIn
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Ícone
  • Grey YouTube Icon

@ruyjobim since 1964