Buscar

Quem está normal?



Comentava dias desses com os professores da ER que uma simples frase pode causar impacto sem você esperar e faz parecer que naquele momento você está pronto para ouvir aquilo. Aconteceu comigo lendo um texto falando sobre não precisar ser perfeito trancafiado em casa com nossas dúvidas. Tenho dúvidas e às vezes é foda encarar isso.


O texto esta a seguir. Não lembro de onde era, mas copiei no bloco de notas pra não perde-lo de vista.


As coisas mudam o tempo inteiro, e aparentemente chegamos ao consenso de que as coisas não vão voltar a ser como eram em um passe de mágica. Algumas restrições vão acabar, mas nem todas. As pessoas vão ficar preocupadas ao pegar um ônibus, um metrô, ou ao andar em meio à multidão. Pode ser que a quarentena acabe, ou que tenhamos que enfrentar uma segunda onda antes de existir uma vacina. Seus planos precisam ser flexíveis e escaláveis, podendo ser ligados e desligados, e usando um tom de voz que funcione inclusive com consumidores mais cautelosos.


E se, mesmo com o que eu disse até aqui, você achar que não sabe o que está fazendo? Tudo bem. Quem não se sente confuso neste momento provavelmente é terrível no que faz. Ter incerteza em tempos tão incertos mostra que você tem inteligência emocional para prosperar no futuro. Mas a incerteza não pode paralisar você. Pense como um ser humano que se importa, com recursos para ajudar milhões de outras pessoas. Depois, aja de acordo com isso, em nome do seu negócio e da sociedade.


Tenho me apoiado neste texto. Espero que ajude você também.

0 visualização
  • Grey Instagram Icon
  • Ícone cinza LinkedIn
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Ícone
  • Grey YouTube Icon

@ruyjobim since 1964